Text concordance

Please read the notes on Using the text concordance if you have not already done so.

If you just want to find a cantiga from the first few words of the lyrics, try the Index by incipit instead.

Cantigas processed: 420

Total lines: 21656

Total words: 162243

Total distinct word forms: 10220

Alphabetical index: A | B | C | D | E | F | G | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | X | Z

Word:    Show references: always for single word results never   
1 word formCountReferences
NOITE75
6:39mas déu muï maa noite | a sa madre, a mesquinna, (†)Click on the line number reference to view footnotes in context.
15:71de noite lles fez tẽer vigías
31:41Dizend' esto aa noite, | outro día o vilão
36Esta é de como Santa María pareceu no maste da nave, de noite, que ía a Bretanna, e a guardou que non perigoasse.
39:7Toda a noite ardeu a perfía
49Esta é de como Santa María guïou os roméus, que ían a sa eigreja a Seixôn e erraran o caminno de noite.
52:21assaz de leite; que cada noite alí
53:15Tod' essa noite vigía | tev'; e lógo guareceu
55:18andando sempre de noite, | come se fosse ladrõa.
59:46a meia noite s' ergeu
65:95Dizend' aquesto, foi-s' a noite chegando,
65:116mais pois que for noite, nada non dormiades
65:120e a mea noite aqué-vo-los santos
65:184ambos de sũu, e cada noite viron
67:45e pero día nen noite | non quedava de tentá-lo,
83:18de noite tras cadẽados
84:16cada noite s' esfurtava | de sa mollér e dos séus
84:22“U ides assí, marido, | de noite come ladrôn?”
95:40e quanto toda a noite éran alongados
106:33ant' a noite lubregosa.
106:34Mais poi-la noite chegou,
110:9nen se fosse de férro e noite e día
122:23Toda a noite sa ama levou,
128:46aquel día con sa noite, | e de todos mui catada
138:41mais aa outra noite ll' apareceu
151:11Mas ũa noite ll' avẽo | que a ũa barragãa | súa foi, que ben quería,
167:23Ũa noite tod' enteira | velou assí a mesquinna;
172:11Ũa noite oferenda | déss' i bõa e fremosa.
178:13mas ũa noite morreu-lle, | e por aquesta razôn
187:20e toda aquela noite ar rezaron des ên
194:7Que lle déu aquela noite | ben quanto mestér avía.
195:30noite mui viçosa,
198:12e durou o mais da noite | aquesta malaventura,
213:19Ela fazendo tal vida, | ũa noite a acharon
234:18e feze-o essa noite | ben ant' o altar dormir.
235:12por esto, que ũa noite | en sonnos llo outorgou,
246Esta é dũa bõa mollér que ía cada sábado a ũa eigreja que chaman Santa María dos Martires, e obridô-xe-lle, e depois foi alá de noite, e abriron-xe-lle as pórtas da eigreja.
261:31ũa noite quiso Déus que veer
262:10onde fez grand' ũa noite | miragr' en esta maneira:
265:103Toda a noite ben atẽ́ena luz
274:6séu meteu en acabá-la, | assí noite come día.
274:8que non foi día nen noite | que non foss' en oraçôn;
276:43Noite ant' essa Sennor
285:46fezo que a el essa noite enganou agoiro,
285:58quando vẽéss' a noite, | que pera el ir-s-ía.
285:59Pois vẽo a outra noite, como na primeira fez
288Como un óme bõo de relijôn foi veer a igreja u jazía o córpo de Sant' Agostín, e viu i de noite Santa María e grandes córos d' ángeos que cantavan ant' ela.
288:15E el de noite jazendo, | chegaron i muitos santos
302:9e quando chegou a noite, | os dinneiros que tragía
309:23Onde foi pois ũa noite | que o Papa xe jazía
309:32viu essa mẽesma noite | que o Papa; e sentindo
312:51Ambos lógu' en outra noite | dessa casa se mudaron
313:20e volvendo-s' as arẽas; | des i a noite se fez,
322:13e avẽo-ll' ũa noite | en sa casa, u cẽava,
322:17e aa noite cẽava | dũus cõellos assados,
322:30E tev' i aquela noite; | e contra a madurgada,
332Esta é como en ũu mõesteiro eno reino de Leôn levantou-se fógo de noite, e mató-o a omage de Santa María con o véo que tiínna na cabeça.
333:27Chorou muito dos séus ollos | aquela noite jazendo
333:42ũa noite de sa térra | foi i mui gran romaría.
333:43Aquela noite fezéron | vegía grand' e onrrada;
344Como Santa María de Tudía fez a ũa cavalgada de crischãos e outra de mouros que maséron ũa noite cabo da sa eigreja e non se viron, por non averen ontr' eles desavẽença.
344:15Assí foi que essa noite | muit' en paz alí jouvéron;
344:19E tan cerca essa noite | ũus d' outros albergaron,
344:26a que todos essa noite | fezéron obedeença.
345:26querend' ir aquela noite | a Guadeíra mãer. (†)Click on the line number reference to view footnotes in context.
348:15El en aquesto cuidando, | ũa noite en dormindo
352:37que ll' amostrou essa noite | mui gran mercee sobeja,
353:79Aquela noite passada, | outro día ant' a luz
354:18do gato, que ena noite | mellor ca no día vee.
355:90aquel día e a noite, | e de todo mal guardado.
361:27Ond' avẽo ena noite | de Navidad', en que faz
361:38e en tal noite com' esta | por nós sen door nacer.
391:11Ond' avẽo ũa noite | que gran door a fillou
393:23E ena primeira noite | que teve ena igreja
411:111Na qual aquela noite, | est' é cousa sabuda,